boas dicas para quem quer importar suplementos

Uma das coisas que os praticantes de esportes e atividades físicas intensas é o alto preço de diversos suplementes alimentares que geralmente são utilizados na prática desses esportes como Whey protein, creatina, BCCA, Glutamina, entre outros. A realidade e que os preços desses produtos aqui no Brasil realmente é bastante elevado o que acaba por fazer que muitos praticantes de musculação e outras formas de exercício físico intenso deixem de tomá-los com a frequência que gostariam.

Mas não precisa ser assim se você souber a dica que muitas pessoas já estão utilizando a bastante tempo e ela se chama importação. Isso mesmo, muitas pessoas já a bastante tempo vem utilizando esse meio para conseguir utilizar todos os suplementos que gostariam e com a frequência que gostariam. O tipo de economia que você pode ter através da importação para o Brasil de suplementos alimentares é bastante grande. Muitos desse produtos tradicionais já citados podem sair com uma economia de 40, 50 ou mesmo 60% em alguns casos.

Creatina

A única questão para muito entretanto é a falta de experiência. Muitas pessoas acham que não possuem conhecimento ainda para sairem importando suplementos por ai. É claro que é necessário pesquisar é um bom local para começar é por aqui http://attlantis.com.br/como-importar-suplementos-com-facilidade/ . Na realidade, importar suplementos é muito mais fácil do que parece, e o único cuidado que você deve realmente ter é evitar ser taxado por causa de erros bobos, como comprar em lojas muito famosas, que enviam em embalagens muito chamativas que acabam sendo tributadas quando desembarcam na alfândega.

Apesar disso, essas são habilidades que você vai adquirindo a medida em que for ficando mais experiente e não há realmente motivo algum para que você se preocupe com isso por enquanto. Você pode começar a economizar ao comprar suplementos desde já, conseguindo escapar dos preços absurdos que existem por aqui.